Junior Pontes
A Beleza da Vida e a Frágil Arte da Existência
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

A SINFONIA DE JUDAS
Ao cair da noite, todos os sussurros ecoando em meus ouvidos
O pecado do amor em contraste com minha condenação
Estou em um penhasco, sentindo o vento tocando em meu rosto
A hora final, o último respiro antes do amanhecer na escuridão eterna.

Trazendo memórias de kerioth, perdido em ruínas
Os dias cheios de luz, contornados pela beleza do sol
Os mistérios da vida nunca revelados
Caminhando nas sombras, queimando na cruz da idade das trevas

As lágrimas que nunca secarão
O beijo encarado como traição
O beijo da morte, o beijo da salvação
O verdadeiro sacrifício em troca de uma forca
O herói com uma história nunca contada.

Um guerreiro sem armadura e o nascimento de um reino
Um céu cinzento cobrindo o campo de sangue
Os olhos em chamas mostrando o futuro
Um abismo tão profundo quanto uma alma perdida.

Decifrando os enigmas do mestre
Um humano sem harmonia, esperando pela graça
As pérolas em sua mente procurando pelo conhecimento
Deixando pra trás um vilarejo sem esperança.

Um mensageiro da luz, preso na escuridão
Minhas agonias deixadas através do tempo
Percorrendo eras para chegar ao mistério do reino
Chorando sangue, abandonando meu interior.

De mãos dadas caminhando para o sacrifício
Etéreo como nunca antes já visto
As cartas podem até dizer o contrário
Mas meu coração repousa sobre as asas dos anjos.

by Junior Pontes [lenno]
Junior Pontes
Enviado por Junior Pontes em 03/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários