Junior Pontes
A Beleza da Vida e a Frágil Arte da Existência
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

PERFEITO SENSO DE LOUCURA
Por que estas luzes estão tão altas?
Meus olhos procuram a beleza na escuridão
Uma vida cheia de mistérios e sonhos
As marcas cravadas na minha pele.

Eu necessito de um pouco de paz
Eu não preciso sorrir todo o tempo
Cante uma música aos meus ouvidos
Não feche a porta do meu quarto quando se for.

Eu posso ser tão forte como uma teia
E esperar o sol após um dia de chuva
Mas eu desejo o cinza das nuvens
Meu senso perfeito de loucura.

Uma coroa de espinhos ao invés de rosas
Minha alma em carmim pelo sangue de Maria
A noite é como um manicômio sem candelabro
O medo e o sorriso de desespero.

Estou contando as horas, o tempo parou
Insônia ou entorpecimento
Colorindo meu mundo em preto e branco
Ócio é como uma lamina na minha carne.

by Junior Pontes [lenno]
Junior Pontes
Enviado por Junior Pontes em 24/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários