Junior Pontes
A Beleza da Vida e a Frágil Arte da Existência
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

EIDOLON
Seu rosto hoje é o mesmo que ficou fotografado na minha mente
Eu desejei mesmo sentindo algum medo, pode te ver novamente,
Eu guardo comigo uma rosa sem espinhos
E um velho retrato que mal vejo seus olhos.

Eu tenho tentado andar na linha
Ser um humano racional
Você deixou um enorme vazio e transformou me
Quase sempre vejo seu reflexo quando estou frente ao espelho.

Sabe o mundo é muito diferente daquele tempo
As crianças sumiram das ruas
E o barulho dos motores tem aumentado
As estrelas no céu diminuíram, não vejo mais alguns sorrisos verdadeiros.

Em meus sonhos você tem sido meu totem
Esculpida a mão, pelo arquiteto da vida,
Lembrando seu doce nome na noite
Vou sorrindo entre algumas lágrimas que caem.

Os anos vão passando e me sinto mais próximo
Longa espera pra ver novamente seu olhar
Posso ás vezes ver seu sorriso entre as nuvens
E até mesmo sentir sua proteção.

Deus...O elemento perfeito
Talvez você tenha estado com ele,
Algumas coisas que nunca entenderemos
Cicatrizes são eternas dentro da alma.

Certamente se eu escrevesse o livro
Fosse o autor da minha vida, trocaria alguns versos tristes,
Por alguns sorrisos tolos...
Colocaria você como aquela que é imortal na história.

by Junior Pontes [lenno]
Junior Pontes
Enviado por Junior Pontes em 19/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários