Junior Pontes
A Beleza da Vida e a Frágil Arte da Existência
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

PECADOS E REMISSÃO
O abismo pode ser a eterna passagem para o além
Toda essa escuridão diante dos meus olhos
Como um guardião cego eu ando pelas ruas
Vendado pelas mentiras deste mundo sem amor.

Acorrentado em uma montanha entre as árvores
Muito distante da visão e dos erros humanos
Além dos oceanos, rios e sonhos,
Buscando a aliança que me levará ao teu encontro.

Perdoe-me
Eu...
Eu ainda tenho fôlego em mim
O pecado ficou pra trás
O tempo pode curar uma alma dilacerada.

Eu ainda posso ouvir as sete notas musicais
Com a ingenuidade e a inocência divinal
Eu ainda posso chorar e ver a pureza em meu rosto
Acreditando que o mundo ainda não morreu.

Um luar enigmático em uma noite sem estrelas
A ideia da sedução através do silêncio
Uma voz sussurrando em meus ouvidos.

As palavras continuam como seu poder
O vento ainda é o mesmo e o mar
Remissão pode ser um sacrifício para a eternidade.

Perdoe-me
É tão difícil caminhar na escuridão
Eu ainda posso sentir a sua presença
Como um abraço que cobre a minha alma.

by Junior Pontes [lenno]
Junior Pontes
Enviado por Junior Pontes em 29/03/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários