Junior Pontes
A Beleza da Vida e a Frágil Arte da Existência
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

AMIGO
Eu gostaria de dizer que te amo...
Um novo dia está nascendo, e suas mãos já estão estendidas,
Posso te cobrir com minhas asas e repousar em teus ombros
Lágrimas e risos, alguns segundos valem muito a pena.

Neste momento não existe distinção
Entre ser homem ou mulher
Somente o coração e a alma são as cartas do baralho
Deixe me ser, tudo aquilo que eu puder ser.

Quando eu tropecei, você me levantou,
E me fez rir com as pedras no caminho
Quando estava escuro você foi quem acendeu a luz
Em meio ao pesadelo eu gritei, e logo foi seu nome que eu lembrei.

Abrace-me, não pela ultima vez,
Mas celebremos este rito pela eternidade
Chore sobre suas dores e minhas mãos
Será o lenço que enxugará seu rosto.

As cartas jamais esquecidas
Junto com uma variedade de redes sociais
Em um mundo digitalizado
Uma mensagem de carinho nos mantém conectados.

Um encontro não premeditado
O sangue distinto e almas interligadas
Um jardim de flores regadas
Com o nome dos meus anjos e suas pétalas.

Ao alto de minha lápide um retrato de múltiplos rostos
Uma chuva lavando as pedras do meu descanso
No fim do horizonte é possível ver um sol brilhando
De mãos dadas estamos caminhando rumo ao Elíseos.

by Junior Pontes
Junior Pontes
Enviado por Junior Pontes em 20/07/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários